65 personalidades ligadas à Lagoa distinguidas em livro

© D.R.

No passado mês de agosto o escritor Júlio Tavares Oliveira, lançou uma nova obra intitulada “Lagoenses Distintos”. Ao longo do livro referência 65 personalidades do concelho que considera que são figuras importantes e “distintas”.

Em declarações ao Diário da Lagoa (DL), o autor conta que ao longo dos últimos quatro a cinco anos tem vindo a recolher informações de variadas pessoas tanto, “comerciantes, como presidentes de câmara, pessoas ilustres, menos ilustres, distintas e menos distintas”. Por interesse próprio o autor admite que acabou por compilar tudo e fazer uma obra só sobre aqueles que nasceram na Lagoa. 

O jovem escritor lagoense revela ao DL que está a trabalhar no segundo volume “de mais lagoenses distintos”, ainda sem data, mas reforça que é uma “obra que contribui para a valorização da Lagoa e a valorização dos lagoenses, do povo lagoense e da valorização da memória coletiva que temos do nosso povo”. 

Numa videoconferência via Facebook promovida pelo autor em que teve como convidado Roberto Medeiros, autor da nota introdutória da obra, o convidado sugere ao escritor que após o lançamento do livro comece a pensar na próxima edição, pois “há várias figuras lagoenses e distintas por falar”, reflete o autor da nota.

O ex-autarca elogia o jovem escritor afirmando que fala “de algumas brochuras que são fundamentais para conhecer um pouco o concelho da Lagoa”, nomeadamente “A vida da Lagoa e o seu concelho”, que foi escrito pelo Padre João José Tavares.

A obra “Lagoenses Distintos”, para o autor, “configura uma homenagem a todos aqueles que, desde o povoamento, até aos dias de hoje, se distinguiram, precisamente, como lagoenses que foram, pelos seus feitos, dentro ou fora da Lagoa”. 

Júlio Tavares Oliveira tem 23 anos, é natural de Nossa Senhora do Rosário da Lagoa, escreve e publica livros desde os seus quinze anos.

Já conta com onze livros publicados e destaca “O Diagrama do Escuro”, “NOMES”, a trilogia de investigação histórica sobre o clero lagoense, “Filhos e Servos”, bem como a sua última publicação, “Lagoenses Distintos.”

DL

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário