A data de 9 de julho volta a registar atividade sísmica sentida

SISMO graciosa Açores 9julho

Faz hoje 17 anos que teve lugar, na madrugada do dia 9 de julho de 1998, um novo capítulo foi adicionado à história trágica das catástrofes naturais nos Açores.

Às 05:19 um violento sismo de magnitude 5,8 na escala de Richter, com epicentro localizado a cerca de 16 km a NNE da cidade da Horta, atingia as ilhas do Faial, Pico e S. Jorge, dando origem a uma vasta destruição, provocando nove mortes, mais de uma centena de feridos e alguns milhares de desalojados.

O cenário que surgia ao nascer do dia na ilha do Faial, a mais fortemente danificada, revelava cerca de 1500 casas parcial ou totalmente destruídas, significativos danos materiais ao nível de infra-estruturas básicas como a rede viária, o sistema de abastecimento de água, a rede de distribuição de energia e de comunicações e ainda importantes movimentos de vertente nas arribas litorais, nas escarpas e em zonas de declives mais pronunciados.

Também o dia 9 de julho serve para relembrar o grande sismo de 1757, avaliado como o de maior magnitude que afectou o arquipélago e do qual resultou uma vasta destruição e mais de um milhar de mortos na ilha de S. Jorge. O relembrar destes acontecimentos não deve servir só para recordar o passado, como acontece na maior parte das vezes.

DL/CIVISA

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário