Açores com 49 casos nas últimas 24 horas, a maioria em São Miguel

© D.R.

s Açores registaram, nas últimas 24 horas, 49 casos novos de covid-19, a maioria dos quais (43) na ilha de São Miguel, onde todas as infeções “correspondem a transmissão comunitária”, divulgou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

No boletim diário, aquela entidade esclarece que, relativamente à ilha de São Miguel, 32 dos 43 novos casos se situam no concelho da Ribeira Grande, sete em Ponta Delgada e quatro na Lagoa.

A ilha de Santa Maria contabiliza três novas infeções, a Terceira regista dois casos e há um novo caso no Pico, de acordo com 1.186 análises realizadas nos laboratórios de referência da região.

O arquipélago conta presentemente com 592 casos ativos de covid-19: 421 em São Miguel, 132 na Terceira, 11 em São Jorge, 11 em Santa Maria, 10 no Pico, quatro no Faial, dois nas Flores e um na Graciosa.

Quanto aos novos casos identificados, a Autoridade de Saúde esclarece que em Santa Maria três viajantes não residentes, na freguesia de Santa Bárbara, concelho de Vila do Porto, obtiveram resultados positivos após terem já realizado testes ao 6.º dia de viagem com resultados negativos.

Por outro lado, na ilha Terceira um viajante residente no concelho de Angra do Heroísmo obteve resultado positivo por apresentar sintomatologia antes de realizar o teste de 6.º dia.

“O outro caso corresponde a transmissão comunitária”, acrescenta a autoridade.

No Pico, um viajante não residente, na vila e concelho da Madalena, obteve resultado positivo ao 6.º dia.

Nas últimas 24 horas, foram registadas 20 recuperações da infeção.

Hoje, estão internados 13 doentes, sendo sete no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada (com um em Unidade de Cuidados Intensivos – UCI), cinco no Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo (com um em UCI), e um no Hospital da Horta.

“Com a recuperação do último elemento da cadeia de transmissão local primária, partilhada entre a Madalena do Pico e Santa Cruz das Flores, dá-se a mesma por extinta”, refere a Autoridade de Saúde.

Assim, estão ativas agora no arquipélago seis cadeias de transmissão local primária, três no Pico, uma no Faial, uma em São Jorge e uma nas Flores.

“Até ao presente foram extintas 219 [cadeias de transmissão] em todas as ilhas”, é acrescentado.

Em vigilância ativa estão hoje 1.313 pessoas.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 7.728 casos positivos de covid-19, tendo recuperado da doença 6.945 pessoas. Faleceram 38, saíram do arquipélago 88 e 65 apresentaram prova de cura anterior.

Até ao presente realizaram-se 644.865 análises para despiste do vírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19.

Desde 31 de dezembro de 2020 e até 02 de agosto, foram vacinadas contra a covid-19 nos Açores 145.562 pessoas com a primeira dose (61,5 %), das quais 137.897 tem já a vacinação completa (58,2%).

Lusa/ DL

Categorias: Saúde

Deixe o seu comentário