Aldeia de Natal de sucesso com Recorde do Guinness alcançado

A antiga escola da Atalhada recebeu a Aldeia de Natal, uma organização do Centro Social e Cultural da Atalhada, onde mais de um milhar de pessoas terá passado pelo espaço.

Segundo o Presidente do Centro, o balanço é extremamente positivo, destacando ter sido uma atividade criada a pensar especialmente nos mais novos.

“Foi uma Aldeia de Natal com eventos para as crianças, criando uma terra de fantasia para os mais novos, desde a avalanche, que foi construída por nós, animação musical, insufláveis, cinema 6D, fábrica de chocolate, a casa do Pai Natal, com uma série de animações para que os mais novos se divertirem”.

Ao nosso jornal, Nuno Martins refere que em 2018 poderá regressar este evento, com algumas melhorias significativas, sendo que o assunto deverá falado aquando da apresentação do relatório de atividades para o próximo ano, a apresentar aos sócios.

Por outro lado, com esta iniciativa, surgiu uma outra, a tentativa de bater o recorde do Guinness, com o maior número de pessoas vestidas de Bonecos de Neve.

Um objetivo alcançado, onde 507 pessoas juntaram-se no pavilhão da Escola Secundária de lagoa para este recorde.

O Presidente do Centro Social e Cultural da Atalhada diz que o objetivo foi atingido, estando a aguardar agora o resultado da análise da entidade que regulamenta estas matérias, mas de acordo com o regulamento vigentes, reúne todas as condições para que este recorde seja certificado.

A contagem foi feita mediante os regulamentos próprios do Guinness World Record, tendo tido, para o efeito, o apoio da PSP, uma vez que eram solicitadas, de acordo com a organização, pessoas idóneas, colaboraram ainda pessoas externas, voluntários, para fazer o papel de administradores, para agrupar grupos de 50 pessoas.

Com este recorde o Centro nada ganha, propriamente dito, mas o objetivo principal era exatamente o que aconteceu: “termos 507 pessoas a entrar na Aldeia de Natal, a usufruir das atividades, e contribuir para aquilo que é o fundo social que o se pretende construir”, referiu ao nosso jornal Nuno Martins, adiantando que o recorde não era objetivo fazer cultura ou marca, mas sim uma tentativa de fazer marketing daquilo que é o papel social do centro.

Depois da concentração no Pavilhão da Escola Secundária de Lagoa, para a contagem oficial, o meio milhar de bonecos de neve desfilaram até à Aldeia de Natal onde puderam usufruir das várias atividades que ali decorreram.

Recorde-se que Centro Social e Cultural da Atalhada tem 12 valências, cobrindo uma grande fasquia da população do concelho e com muito trabalho a desenvolver.

“Temos 12 valências, desde creches e centro de convívio de idosos, cobrindo uma grande fasquia da população do concelho e com muito trabalho a desenvolver”, o que segundo adiantou, “tem sido feito com mérito de todos os colaboradores da instituição, mérito dos voluntários que apoiam a instituição e entidades públicas, o caso da Câmara Municipal e o Governo dos Açores”.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário