Arrancou a época balnear na Lagoa

 © CML

Este sábado, 12 de junho, foi hasteada pela 25ª vez a bandeira azul no Complexo Municipal de Piscinas de Lagoa e pelo 22º ano consecutivo, na zona balnear da Caloura, sendo que, ambos os locais foram classificados pela Quercus, pelo 10º ano, como “Qualidade de Ouro” e o Complexo Municipal de Piscinas distinguido com o galardão de “Praia Acessível”.

Nelson Santo, vereador da área do Desporto e Turismo, marcou presença na cerimónia do hastear da bandeira azul nestas duas zonas balneares, tendo transmitido que acredita que esta época balnear seja a última com as condicionantes da pandemia covid-19, apelando ao cumprimento das medidas amplamente divulgadas, como o distanciamento físico de segurança entre utentes, tanto no acesso como na utilização, etiqueta respiratória e desinfeção frequente das mãos.

Segundo a autarquia, de forma a evitar e prevenir a propagação da covid-19, ambas as zonas balneares cumprem com as recomendações emanadas pela Autoridade de Saúde Regional, pela  Direção Regional dos Assuntos do Mar e pela Autoridade Marítima, encontrando-se todas as informações e regras necessárias dispostas em lugares visíveis, para que todos os banhistas respeitem as normas, uma vez que são os responsáveis pelo usufruto das zonas balneares, pela sua proteção e pela proteção dos outros, garantindo assim, a saúde pública de todos.

Este ano, o Complexo Municipal de Piscinas da Lagoa funcionará com lotação máxima de 800 utentes, estando as piscinas artificiais igualmente disponíveis e sendo o acesso das 9h00 às 19h30.

Relativamente à zona balnear da Caloura, a mesma manterá o regime de acesso habitual, mas condicionado à compatibilização entre a permanência e o distanciamento social.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário