Autarquia da Ribeira Grande reivindica mais apoio ao ensino profissional

© CMRG

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, acompanhado pelo restante executivo camarário, realizaram uma visita à Escola Profissional da Ribeira Grande, cujo polo está localizado na vila de Rabo de Peixe.

Na ocasião, o presidente da autarquia destacou a importância daquele estabelecimento de ensino, considerando que se trata de uma “excelente oportunidade para colmatar necessidades de ofertas de trabalho especializado”.

“A única escola profissional do concelho merece outra atenção por parte da tutela. Reivindicamos mais cursos profissionais, adequados à realidade do mercado de trabalho local”, sublinhou Alexandre Gaudêncio.

Atualmente, a escola tem cerca de 180 alunos e sete cursos profissionais, sendo que a autarquia ribeiragrandense diz que este facto é “manifestamente insuficiente face à procura e à necessidade do mercado”.

Na visita, o autarca referiu que tem sido a autarquia a suportar os custos inerentes ao funcionamento da escola, através de um contrato-programa, situação que só acontece porque, nos últimos anos, não houve uma aposta do Governo regional no ensino profissional, tendo deixado aquela escola à deriva.

A solução para este problema, segundo Alexandre Gaudêncio, passa pela existência de mais cursos profissionais suportados pela tutela, visto que há capacidade instalada e vontade de todas as partes para melhorar e aumentar a oferta formativa no concelho da Ribeira Grande.

A Escola Profissional da Ribeira Grande é gerida pela cooperativa de ensino “A Ponte Norte”, que tem também outras valências, como é o caso do OASA (Observatório Astronómico de Santana Açores) e o OMIC (Observatório Microbiano dos Açores).

A cooperativa tem também desenvolvido projetos em parceria com a Câmara Municipal, onde se destaca a rede municipal de ATL’s e os diversos projetos extra-curriculares.

O novo diretor-geral da cooperativa de ensino “A Ponte Norte” e da Escola Profissional da Ribeira Grande é o engenheiro João Dâmaso Moniz, sendo diretor financeiro, Rui Maré, e a diretora pedagógica, Paula Teodoro.

DL

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário