Campanha esteriliza gratuitamente 500 animais de companhia na Lagoa e Nordeste

© CML

O Centro de Recolha Oficial (CRO) da Câmara Municipal de Lagoa, já interveio até à presente data, e durante este ano, em cerca de 500 animais de companhia, pertencentes a munícipes dos concelhos de Lagoa e Nordeste.

A informação foi avançada hoje, 11 de outubro, pela autarquia em nota de imprensa enviada às redações. “A campanha de esterilização, que tem como objetivo controlar a sobrepopulação e combater o abandono de cães e gatos, tem tido bastante adesão por parte dos lagoenses”, revela a Câmara.

De acordo com o médico veterinário da Câmara da Lagoa, Miguel Balacó Amaral, a campanha em vigor prevê, além da cirurgia de esterilização (castração dos machos e ovariohisterectomia das fêmeas), a identificação eletrónica e a vacinação antirrábica dos canídeos. O veterinário revela que a pretensão é atingir os 700 animais, até ao final da campanha.

A iniciativa decorre até ao final do mês de dezembro e é apoiada pelo Governo regional dos Açores, através da Secretaria Regional de Agricultura e Florestas, e com a colaboração ativa das juntas de freguesia que estão responsáveis pela seleção das prioridades de intervenção, tendo em consideração a situação económica de cada agregado familiar.

O médico veterinário reforça ainda “o apelo a uma adoção e detenção conscientes, de forma a que os donos e detentores de animais de companhia, estejam cientes de que são responsáveis por um ser vivo, com necessidades fisiológicas muito próprias e específicas, que nos proporcionam muitas alegrias. No entanto, tal como qualquer ser vivo, podem adoecer, devendo os seus detentores estar preparados de forma a poder garantir-lhes adequado tratamento”.

Miguel Balacó Amaral lembra também que, existem diversas doenças próprias dos cães e dos gatos que podem ser evitadas, e, como tal, podem ser adotadas algumas medidas profiláticas, devendo para isso aconselhar-se com o seu médico veterinário.

De acordo com o comunicado, nos últimos tempos, a pandemia revelou uma maior voluntariedade para a adoção de animais de companhia, em especial cães de pequeno porte. Até à data, durante o ano de 2021, no CRO, entraram 120 animais (cães e gatos), foram adotados 20 gatos e 50 cães e devolvidos ao dono cerca de uma dúzia de canídeos.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário