Condenados dois homens de grupo organizado de tráfico de droga

PIXABAY

Juízo Central Cível e Criminal de Angra do Heroísmo condenou dois homens nas penas de 14 e 13 anos de prisão por tráfico de estupefacientes agravado, num processo que permitiu localizar e apreender cocaína num veleiro.

De acordo com a informação disponibilizada na página da Internet da Procuradoria da República da Comarca dos Açores, consultada pela agência Lusa esta quinta-feira, 17 de dezembro, além de um crime de tráfico de estupefacientes agravado, os dois arguidos foram condenados pela “prática de um crime de adesão a associação criminosa”.

“Os arguidos faziam parte de um grupo organizado que se dedicava à importação e transporte para a Europa, de cocaína em pó, com vista à sua venda a terceiros e tendo por objetivo o lucro resultante dessa atividade”, lê-se no comunicado.

As autoridades encontraram e apreenderam no dia 23 de junho de 2018, entre as 15:00 e as 21:00, “no interior do veleiro Oggi e na posse dos arguidos, 1.200 embalagens de cocaína”, refere a Procuradoria da República da Comarca dos Açores.

Segundo o tribunal, “no seio do grupo foi concebido um plano tendente a permitir-lhes introduzir na Europa, em junho de 2018, por via marítima, 1.208.610,521 gramas líquidas de cocaína cloridrato, com 84% de pureza”.

A investigação deste caso foi dirigida pelo Ministério Público da Horta (Faial) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) dos Açores, coadjuvado pela Polícia Judiciária (Departamento de Investigação Criminal dos Açores).

Os arguidos aguardam o trânsito em julgado da decisão, mantendo a situação de prisão preventiva.

Lusa/DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário