Detido por abuso de neta de sete anos em São Miguel

FOTO DR

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, identificou e deteve um homem, por fortes indícios da prática reiterada do crime de abuso sexual de crianças e um crime de pornografia de menores.

Os factos ocorreram na ilha de São Miguel e vitimaram uma criança de sete anos, neta por afinidade do arguido, o qual se aproveitou da situação de coabitação para sujeitá-la aos referidos abusos.

No âmbito de busca domiciliária, o visado foi encontrado na posse de milhares de ficheiros informáticos de pornografia de menores.

O detido, de 62 anos, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de prisão domiciliária, proibição de contactos com a vítima e ainda a de aceder à internet.

DL

Categorias: Regional

Comentários

  1. Sandra Aguiar 10 Dezembro, 2020, 20:52

    Isso é uma vergonha, viola a neta de 7 anos e a pena dele é prisao domiciliária? Nao ter contato com a vitima e nao usar a internet? Sinceramente…. quem merece ir preso por coisas graves, nao vai… ha quem vai dentro por coisas mínimas… enfim, é esta a justiça do nosso rico país 😡😡😡

    Responder a este comentário
  2. Carolina Peixoto 10 Dezembro, 2020, 16:40

    Que justiça é essa?? Então ele violou sua neta e não vai preso pqe?? É por isse que fazem sempre o mesmo..! Hoje em dia não a justiça 🤦‍♀️

    Responder a este comentário
  3. Paula Oliveira 10 Dezembro, 2020, 15:16

    Só isso???? Por isso eles repetem a ato, não há justiça mesmo 🙁

    Responder a este comentário

Deixe o seu comentário