Diretora Regional afirma que 70% dos Açorianos com fragilidades sociais conseguiram integrar o mercado de trabalho em 2018

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional destacou os resultados “muito positivos” do mercado de emprego que foram alcançados no seguimento, também, das medidas de inserção socioprofissional desenvolvidas pelo Governo dos Açores.

“No que diz respeito às medidas de inserção socioprofissional, a taxa de empregabilidade dos Açorianos que delas beneficiaram atingiu 69,6% em 2018, sendo 41% a taxa a média dos últimos cinco anos”, adiantou Paula Andrade.

A Diretora Regional referiu que “as medidas de inserção socioprofissional visam desenvolver ou aumentar competências dos desempregados ocupados com vista à sua empregabilidade, favorecendo também a criação de hábitos de trabalho e um melhor conhecimento do mundo laboral”.

Paula Andrade, que falava, na Junta de Freguesia de Rabo de Peixe, durante uma sessão que assinalou o início do processo de inserção no mercado de trabalho de mais seis desempregados, ao abrigo do Programa de Ocupação Social de Adultos – PROSA, afirmou que os Açores “continuam a registar resultados muito positivos na área do emprego”.

Na ocasião, a Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional salientou a relevância dos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao terceiro trimestre deste ano, destacando que “a população empregada atingiu, nos Açores, o maior valor de sempre (116.373) desde que há séries estatísticas do emprego, ou seja, há 34 anos”.

“O crescimento do emprego e a redução do desemprego é reflexo das medidas que o Governo Regional tem vindo a implementar de forma concertada”, frisou, sustentando que a política pública de emprego “materializa-se em mais 8.442 empregados e menos 3.354 desempregados face ao início desta legislatura, há três anos”.

De acordo com os dados do INE, os Açores criaram, só este ano, em termos líquidos, mais 5.700 novos empregos, que conseguiram absorver os mais 4.600 Açorianos que integraram, este ano, o mercado de trabalho.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário