Escola Profissional de Lagoa realiza passeata ecológica pelas ruas do concelho

© CML

No âmbito de uma iniciativa de sensibilização ambiental, um grupo de alunos da INETESE – Escola Profissional de Lagoa, percorreu várias ruas da cidade de Lagoa, numa passeata ecológica que envolveu cerca de 60 alunos e 10 professores.

Esta atividade foi direcionada à comunidade local, destinando-se a incentivar a população à utilização de meios de transporte amigos do ambiente, nomeadamente bicicletas, trotinetes e skates.

Em declarações ao Diário da Lagoa, o diretor da escola profissional, Jorge Marques salientou que a iniciativa teve um “objetivo muito claro que é sensibilizar a comunidade local para a necessidade crescente de usar transportes não poluentes e amigos do ambiente no sentido de cada um de nós assumir responsabilidade social de modo a diminuir a pegada ecológica.”

Esclarecendo que “a iniciativa insere-se na componente de cidadania e desenvolvimento que é uma área curricular que faz parte integrante do plano de estudos dos cursos técnico profissionais e tem como objetivo contribuir para formar cidadãos esclarecidos, informados e responsáveis. Neste contexto, a escola optou por desenvolver o domínio do desenvolvimento sustentado o que significa que os alunos e professores foram chamados a organizar uma passeata ecológica”, referiu.

No âmbito da iniciativa, o vereador da autarquia lagoense para a área do Desporto e Ambiente, Nelson Santos, recebeu os alunos e professores no edifício dos Paços do Concelho. Aproveitou para realçar o trabalho desenvolvido pela INETESE e saudou a iniciativa dos alunos, dando nota de que estas ações são importantes para a comunidade na promoção dos meios suaves de transporte onde “é preciso trabalhar em conjunto, tanto a Câmara Municipal como as instituições, em prol da proteção do meio ambiente, pois, na verdade, muitos dos trajetos são curtos, o que é um fator bastante propício à utilização de alternativas ao automóvel, que para além de economicamente serem mais viáveis, contribuem simultaneamente para um planeta mais sustentável”. 

Questionado sobre se a iniciativa será para se repetir, o diretor da escola referiu que sim, “sempre com este propósito que é a consciencialização das pessoas para as boas práticas em defesa do ambiente sendo fundamental que todos nós possamos dar o nosso contributo para esse efeito.”

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário