Fajãs de São Jorge distinguidas no Prémio Nacional da Paisagem

DR

As Fajãs de São Jorge foram distinguidas com uma menção honrosa no Prémio Nacional da Paisagem de 2020, no contexto da 3.ª Conferência Nacional de Arquitetura e Paisagem, que se realizou na passada quarta-feira, 9 de novembro.

A candidatura foi promovida pelo Governo dos Açores, através da Direção Regional do Ambiente, tendo sido uma das quatro premiadas entre 25 projetos de todo o país.

O projeto em questão, que é uma iniciativa do Ministério do Ambiente, visa a divulgação das boas práticas territoriais que promovam a qualidade da paisagem e aumentem a consciência cívica sobre o valor cultural da mesma.

O galardão rege-se por critérios que destacam o desenvolvimento sustentável e a coesão territorial, a valorização do território através da paisagem e da sua gestão e a forma como as ações são geradoras de identidade e de qualidade de vida.

As Fajãs de São Jorge são um palco privilegiado da implementação das políticas de ordenamento do território, de paisagem e de conservação da natureza, assim como para a consolidação de um modelo de desenvolvimento sustentável.

Nesse sentido, a salvaguarda dos valores naturais, paisagísticos e culturais nas fajãs foram essenciais para que os Açores fossem distinguidos pela qualidade dos seus recursos e pelas políticas públicas levadas a cabo.

Recorde-se que as Fajãs de São Jorge integram, desde 2016, a lista restrita das Reservas Mundiais da Biosfera da UNESCO.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário