Gerações de futuro

Beatriz Barbosa
Associação Jovem Lagoense

No decorrer dos nossos dias, o senso comum revela a máxima de que os jovens são os homens e as mulheres do amanhã. O termo juventude remete-nos para as transformações ao longo do tempo, sendo esta, entendida sob várias formas. Hoje, mais associada aos modos de vida, do que propriamente à idade, a juventude é um fenómeno sociocultural inserido numa sociedade dinâmica e complexa.

Diz-se complexa por várias razões. Vejamos um problema social que prevalece. Há uma dependência pelo consumo de substâncias psicotrópicas, que atravessa sobretudo, pessoas que se encontram nas faixas etárias mais jovens. Ora, esta matéria não deixa ninguém indiferente, face à resolução deste problema, que está patente nos indivíduos. A par deste problema que referi, é notória uma participação mais fragilizada a nível social e político, o que possivelmente se traduz numa tendência a reverter. Encontramo-nos numa terra com espaços de lazer propícios, quer para se desfrutar de um tempo em família, quer para a prática de um leque de atividades, de modo que os jovens e mesmo o público em geral, possam ocupar o seu tempo. A exemplo, praticar hábitos de vida saudável, fazendo uso das “ofertas” existentes junto à magnífica costa Sul; aproveitar o que a Natureza nos brinda, como os vários trilhos da Janela do Inferno, e das Pedras Brancas, entre outros; ou mesmo, uma visita aos museus, tais como o rico espólio cultural e religioso existente, de um modo particular, nas freguesias da Ribeira Chã e de Santa Cruz.

Além disso, o processo de transição para uma vida mais autónoma, surge acompanhado pela educação, que prepara as novas gerações para o futuro. Dota-os de conhecimentos necessários para a sua qualificação. É, ainda, a transmissão de valores, hábitos e crenças.

Na Lagoa, há jovens empreendedores, jovens com iniciativa e espírito de sacrifício. Pessoas que muitas vezes privilegiaram a sua vida profissional, colocando em segundo lugar a vida pessoal e familiar. Tal foi fruto da tomada de decisões, em prol da realização dos objetivos de vida pretendidos para garantir um futuro promissor.

A Lagoa assiste a um crescente desenvolvimento. Apostar na sua formação, continuar a empenhar-se na sua profissão, fará dos jovens, elementos fulcrais e construtores, aptos para dar continuidade ao progresso desta terra. É certo que a nossa sociedade está em evolução, e o desenvolvimento faz-se com as pessoas.

A palavra “futuro”, apresenta uma noção de abstração e de neutralidade. Mas, futuro é tudo aquilo que quisermos que seja!

O futuro é feito por todos nós, e por todas as gerações do presente!

Categorias: Opinião

Deixe o seu comentário