Governo dos Açores contrata com o DOP/IMAR desenvolvimento de uma Rede de Observação de Aves

Neto Viveiros rede observação aves

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente anunciou que o Governo dos Açores vai desenvolver um projeto de Rede de Observação de Aves, tendo hoje sido autorizada a contratação dos serviços do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP), através do Centro do IMAR, da Universidade dos Açores, para esse efeito.

“Este projeto visa a valorização do nosso património natural e a promoção de um turismo ornitológico sustentável e responsável no arquipélago dos Açores”, frisou Luís Neto Viveiros, que falava na inauguração do trilho e da requalificação ambiental da área envolvente da Reserva Natural do Morro de Castelo Branco, na ilha do Faial.

Luís Neto Viveiros salientou que “serão desenvolvidos Roteiros Interpretativos para todas as ilhas, um Guia de Turismo Ornitológico e um Código de Boas Práticas, que se prevê estejam disponíveis dentro de um ano”.

O titular da pasta do Ambiente realçou também que a obra, simbolicamente inaugurada no Dia da Freguesia, “introduz um conceito novo nos Açores, o das ‘paisagens sonoras noturnas’, através da construção de um pequeno auditório ao ar livre para o visitante poder ouvir o canto noturno do cagarro, sem dúvida um dos sons mais característicos dos Açores”.

Cerca de 70% da população mundial desta ave marinha nidifica nos Açores, sendo que se localiza na zona do Morro de Castelo Branco a maior colónia da ilha do Faial.

O projeto de requalificação do Morro de Castelo Branco teve um custo de cerca de 200 mil euros e envolveu a parceria da Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente com diversas entidades, assegurando condições de acessibilidade pedonal para a visitação desta estrutura geológica.

Depois do combate à flora invasora naquela área, iniciado em 2012, a Direção Regional do Ambiente desenvolveu o projeto de arquitetura paisagística concretizado este ano e que contempla o acesso para pessoas com mobilidade reduzida.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário