Governo dos Açores reforça abastecimento e armazenamento de água à agricultura no concelho do Nordeste

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que o Governo dos Açores está a investir 165 mil euros para reforçar o abastecimento e o armazenamento de água no Perímetro de Ordenamento Agrícola (POA) do Nordeste, em São Miguel, que considerou fundamental para facilitar a vida aos agricultores, melhorar a eficiência das explorações e promover a igualdade de oportunidades entre agricultores.

O governante falava após a visita à obra de construção de três reservatórios de água, localizados nas freguesias de São Pedro Nordestinho e da Lomba da Fazenda, que vai beneficiar 32 explorações agrícolas, numa área de 350 hectares.

“Na prática, esta obra que o Governo dos Açores está a levar a cabo vai permitir reforçar em mais de 800 metros cúbicos a água armazenada para ser disponibilizada para o setor agrícola”, salientou João Ponte, acrescentando que a obra inclui, para além de três novos reservatórios, a construção de dois pontos de abastecimento e a instalação de conduta de água numa extensão de 2,7 quilómetros.

O Secretário Regional frisou que os investimentos ao nível do armazenamento de água inserem-se na política do Executivo de precaver e minimizar os eventuais efeitos das alterações climáticas no setor agrícola.

Para João Ponte, é impensável desenvolver uma agricultura de qualidade e de sucesso sem ter infraestruturas adequadas, como caminhos, abastecimento de água e eletricidade nas explorações.

O titular da pasta da Agricultura considerou que o concelho do Nordeste é um bom exemplo do trabalho que está a ser feito na melhoria das infraestruturas agrícolas, garantindo que este trabalho irá prosseguir em 2020.

Com este tipo investimento nas infraestruturas agrícolas, afirmou João Ponte, o Governo dos Açores está também a promover uma verdadeira coesão e igualdade de oportunidades entre todos os agricultores, independentemente de estarem numa grande ou pequena bacia leiteira, numa ilha com mais ou menos agricultores.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário