Há mais 8.442 açorianos empregados e menos 2.877 ocupados desde o início da legislatura

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional revelou que nos Açores há mais “8.442 Açorianos empregados e menos 2.877 Açorianos inseridos em medidas de inserção socioprofissional” desde o início da legislatura, há três anos.

Paula Andrade falava após uma visita, no âmbito dos incentivos do Governo Regional à criação de emprego a uma empresa que desenvolve as atividades de consultoria informática e Agência de Viagens.

Paula Andrade referiu que no seguimento das medidas ativas de emprego disponibilizadas pelo Governo Açoriano, mas também pela ação normal do mercado e dos seus empresários, que necessitam dos melhores e mais qualificados recursos humanos, “constata-se a criação de mais emprego ao mesmo tempo que se regista uma redução de Açorianos em medidas de inserção socioprofissional”.

Considerando os dados hoje publicados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), relativos ao mês de novembro, a Diretora Regional salientou que se verifica “uma redução de 9,3% em novembro deste ano, face ao mesmo mês do ano anterior”.

“De acordo com o IEFP, as Agências para a Qualificação e Emprego dos Açores registaram, em novembro 6.994 desempregados, o que corresponde a menos 715 inscritos à procura de primeiro e novo emprego, relativamente ao mesmo mês de 2018”, realçou.

Paula Andrade referiu ainda que, durante o mês de novembro, o rácio de colocação, isto é, postos de trabalho colocados sobre postos de trabalho solicitados, foi de 82,9%, sublinhando que o mercado de trabalho nos Açores “está bem melhor”, mas que o Governo Regional não está nem estará conformado enquanto houver ofertas de emprego para satisfazer”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário