Inauguradas novas sedes de duas instituições da Lagoa

FOTO CML

“O trabalho em rede com as nossas instituições é fundamenta para o desenvolvimento e sucesso da Lagoa”. A afirmação é da Presidente da Câmara de Lagoa, proferida esta manhã, 5 de novembro, aquando da entrega do novo espaço sede ao instituto cultural Padre João José Tavares e à Associação Jovem Lagoense (AJL).

Estas duas instituições do concelho ficam com um novo espaço no edifício do Núcleo Museológico do Alambique, na freguesia de N. Sra. do Rosário.

Para Cristina Calisto “estas são duas instituições que prestam um importante papel a nível cultural, na área da educação, cidadania e solidariedade. São parceiros estratégicos e que reforçam a ação do município em todos esses domínios”. A autarca sublinha que as duas instituições do concelho passam a “usufruir de melhores condições para o desenvolvimento do seu trabalho, num edifício municipal que foi alvo de obras de beneficiação e que irá, futuramente, abrir ao público, com o Núcleo Museológico do Alambique, que será alvo, no próximo ano, de uma nova museografia”.

Cristina Calisto relembrou que tem sido aposta do município o trabalho na educação e cultura e “não é ao acaso que as últimas semanas têm sido exemplo disso mesmo, quer com a atribuição de prémios de mérito a alunos, quer destacando um ilustre lagoense Simão leite Bettencourt com um busto, quer na apresentação de alguns projetos do Orçamento Participativo Jovem por parte das escolas”. Isso é reflexo, precisamente, “desta vontade de melhorar os nossos indicadores da educação e cultura e a necessidade de capacitar os jovens a um maior espírito crítico e de participação comunitária pois só deste modo faremos a diferença para a Lagoa, a médio e longo prazo”.

A Júlio Oliveira, Presidente da Associação Jovem Lagoense, e a Palmira Bettencourt, Presidente do Instituto Cultural Padre João José Tavares, ficaram os votos de felicitações e um agradecimento pela  dedicação e empenho nas causas que abraçam, principalmente por fazerem “elevar  o concelho”. 

DL

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário