Insulac quer adquirir cooperativa dos Lourais

 Queijo-São-Jorge

A empresa de lacticínios Insulac, de São Miguel, quer adquirir parte ou a totalidade da cooperativa dos Lourais, de São Jorge.

Segundo o jornal Diário Insular, as negociações entre as duas partes já estão a decorrer e em setembro deverão surgir novidades.

A Insulac, detentora de marcas de queijo e manteiga como a Valformoso e a Navegador, quer expandir a variedade dos seus produtos, mostrando-se agora interessada no queijo de São Jorge.

Segundo fonte da Insulac, o negócio estará apenas dependente do apoio bancário, refere o jornal da ilha Terceira.

O negócio deverá envolver uma solução para a dívida da cooperativa, estimada já em cerca de 5 milhões de euros, bem como o compromisso do pagamento do leite aos produtores a 30 dias e a 30 cêntimos. 

Atualmente, a cooperativa dos Lourais paga o leite aos produtores a 24,5 cêntimos por litro e tem atrasos no pagamento que chegam a um ano. 

A fábrica da cooperativa dos Lourais é responsável pela laboração de 20% do leite produzido na ilha de São Jorge, tendo transformado, em 2013, 5,1 milhões de litros de leite.

Em 2013, a cooperativa atingiu um volume de negócios de 2,3 milhões de euros e um resultado líquido de quase 19 mil euros, depois de no ano anterior ter verificado apenas um resultado líquido de 6 mil euros.

Para além da cooperativa dos Lourais, existem em São Jorge, a cooperativa Finisterra, do Topo, a cooperativa do Norte Pequeno e a cooperativa da Beira.

DL/DI

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário