Inundações em São Miguel com escolas fechadas no concelho do Nordeste

© D.R.

O mau tempo que se faz sentir nos Açores provocou desde a manhã de hoje, 23 de novembro, 29 ocorrências na ilha de São Miguel, entre inundações em casas e vias públicas, obrigando ao encerramento das escolas no concelho do Nordeste.

Em declarações à Lusa, fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) indicou que as 29 ocorrências foram registadas nos concelhos de Nordeste (17), Povoação (cinco), Ribeira Grande (duas), Vila Franca do Campo (duas), Lagoa (duas) e uma em Ponta Delgada.

Estas ocorrências dizem respeito a “obstrução de vias, inundação de vias, inundações de habitações e derrocadas”, acrescentou a mesma fonte, sem adiantar mais detalhes.

Segundo uma nota da Secretaria Regional das Obras Públicas e Comunicações, a estrada de acesso à Ribeira Quente, no concelho da Povoação, está “parcialmente obstruída, devido a escorregamento de terras junto à boca do túnel” e, embora tenham sido já “iniciados os trabalhos de desobstrução” da via, “a instabilidade dos taludes desaconselha a circulação neste troço”.

No concelho do Nordeste as escolas encontram-se encerradas, disse à Lusa o presidente da câmara, António Miguel Soares.

Segundo o SRPCBA, no concelho da Calheta, ilha de São Jorge, foi realojada uma família, por precaução, devido à dificuldade desta em aceder à sua habitação em função da deposição de lamas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje o aviso de precipitação para o nível laranja para o grupo Oriental (Sâo Miguel e Santa Maria) dos Açores, mantendo-se os restantes grupos com aviso amarelo pelo mesmo motivo.

Segundo um comunicado do IPMA, a depressão com um sistema frontal associado que tem condicionado o estado do tempo nos últimos dias nos Açores “continuará a afetar o arquipélago, prevendo-se que possam ocorrer nas próximas horas valores acumulados de precipitação entre 20 a 40 l/m2 em uma hora em algumas zonas do grupo Oriental”.

O IPMA resolveu, assim, elevar o aviso de precipitação para nível laranja para o grupo Oriental, mantendo-se os restantes grupos, Central (Terceira, Faial, São Jorge, Pico e Graciosa) e Ocidental (Flores e Corvo), com aviso de precipitação amarelo.

Assim, vai sentir-se no grupo Ocidental precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada por trovoada, até às 12h00 de quarta-feira, bem como no grupo Central, enquanto no grupo Oriental o aviso laranja vigora até às 21h00 e o amarelo até às 12h00 de quarta-feira.

O aviso laranja é o segundo mais grave numa escala de quatro e implica uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Lusa/ DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário