Lagoa com orçamento de cerca de 14 milhões de euros para 2021

FOTO CML

Na sessão ordinária da Assembleia Municipal de Lagoa, que decorreu no dia 3 de dezembro, o Plano e Orçamento camarário para o próximo ano foi aprovado por maioria.

Para 2021, o valor total do orçamento apresentado é de 14.289.723,00€, verificando-se um aumento de 366.373,00€ face a 2020. À semelhança do ano anterior, em 2021, não serão efetuados quaisquer aumentos de taxas e impostos, mantendo-se os atuais valores da Derrama e do IMI, e a redução, deste último, para as famílias com dependentes a seu cargo, continuará em vigor.

Cristina Calisto, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, salienta que, “manter a sustentabilidade financeira, e especialmente responder às solicitações da população, é o principal intuito deste Plano e Orçamento para 2021, com projetos que visam sempre a melhoria da qualidade de vida da população”.

Em 2021, a autarquia vai assim continuar a desenvolver ações no plano social, que irão contribuir para a obtenção de melhores condições de habitabilidade aos lagoenses, mantendo as respostas sociais e o apoio às famílias, sendo o Fundo de Emergência Social um instrumento essencial de combate à pobreza e exclusão social. Para estas áreas, estão previstos 623.700,00€ de investimento.

Ao abrigo do estatuto de oposição foi apresentado pelos vereadores do PSD, aquando da análise da anteproposta do Plano e Orçamento para 2021, a inclusão de algumas propostas neste documento e que foram acolhidas por este executivo e integradas neste respetivo Plano.

Foi introduzida uma rúbrica para a possível aquisição da Fábrica do Álcool; a realização de um caderno de encargos que permita a abertura de um concurso público para concessão da exploração do Aquafit – Health & Fitness Club e o compromisso de criar um Orçamento Participativo Geral na Lagoa.

Na Educação e Cultura, fatores essenciais de promoção social e económica, estão previstas iniciativas cujos valores rondam os 420.000,00€.

A Juventude e Desporto e o Turismo e Lazer, são áreas que também terão forte investimento no orçamento de 2021.

No Ambiente, há um aumento de 54% devido à candidatura a fundos comunitários para disponibilização de equipamento de recolha seletiva para todas as habitações do concelho.

Neste Plano e Orçamento, ainda menção para algumas ações que serão desenvolvidas: Orçamento Participativo Jovem; Melhoramento da Rede de Distribuição e Captação de Água; Revisão do Plano Diretor Municipal; Remodelação e manutenção da iluminação pública; Requalificação do jardim de Nossa Senhora dos Anjos; 2ª fase de loteamento da Ribeira Chã; Abertura da nova via rodoviária em Santa Cruz; Aquisição de equipamentos de Proteção Civil; Construção de Pavilhão estrutura metálica, para a prática desportiva; Recuperação e requalificação da praça de Nossa Senhora do Rosário e será lançada a concurso a obra de requalificação do auditório Ferreira da Silva em Água de Pau.

Dar-se-á início, em 2021, às obras de construção do parque de estacionamento na rua António Moniz Barreto e instalação do serviço GAM- Rosário, nesse mesmo local. Destaque ainda, para a abertura de um novo arruamento ao lado do jardim do convento de Santo António, que será um novo acesso da freguesia de Santa Cruz e que se encontra em fase de projeto.

DL

 

Categorias: Local

Deixe o seu comentário