Lagoa promove 30ª edição do concurso de presépios

FOTO DL

Considerada a situação atual da pandemia Covid-19, a Câmara Municipal de Lagoa irá promover a 30ª edição do concurso de presépios como já é tradição na quadra natalícia, mas com alterações. Assim sendo, todos os procedimentos, desde a inscrição até à sua validação, serão efetuados via online, sem necessidade de deslocação e interação entre os participantes e a autarquia. Todos os interessados em participar no concurso deverão proceder à sua inscrição, até ao dia 17 de dezembro, através do contato telefónico n.º 296 960 000, ou do e-mail concursopresepios@lagoa-acores.pt, ou, ainda, através do formulário disponibilizado no portal da autarquia www.lagoa-acores.pt. Deverão, igualmente, os inscritos, com residência ou sede no concelho, fotografar o seu trabalho e enviar até ao dia 21 de dezembro, às 18h00, 10 fotografias, com boa resolução, que incluam todos os pormenores do presépio a concurso, identificando o autor do trabalho. Como, habitualmente, serão admitidas duas categorias no Concurso de Presépios: presépio tradicional e presépio original.

Para além de estimular a ocupação dos tempos livres e o convívio, este concurso de presépios visa valorizar as tradições histórico-culturais, através do trabalho realizado por artesãos lagoenses, alguns particulares e alunos das escolas do concelho, mas igualmente, por crianças que frequentam a catequese e os Ateliers de Tempos Livres da Lagoa, bem como utentes e funcionários de algumas instituições sociais e culturais.

Os presépios concorrentes serão avaliados, simultaneamente, pelo júri nomeado e pelo público, sendo a avaliação efetuada com base nas fotografias enviadas pelos participantes, nas diversas classes, nomeadamente: Classe I para pessoas singulares; Classe II para as escolas, jardins de infância, creches, Ateliers de Tempos Livres e catequeses do concelho e Classe III, para as instituições públicas ou privadas.

Desse modo, o júri nomeado será composto por um representante da Câmara Municipal de Lagoa, enquanto presidente de júri, que terá direito a voto de qualidade em caso de empate e dos vogais, que serão representados por um elemento do Departamento Municipal da Educação e Cultura; uma pessoa da Ouvidoria da Lagoa; um representante do Grupo de Professores de Educação Visual – a designar pela Escola Básica e Integrada de Água de Pau; e por um artesão com Carta de Unidade Produtiva na arte bonecreira do concelho de Lagoa.

A avaliação do público decorrerá de 23 a 30 de dezembro, por votação online, no portal da autarquia e corresponde a um total de 50 pontos para o presépio mais votado em cada uma das categorias e classes. Já cada membro do júri avaliará cada um dos presépios a concurso, com uma pontuação geral de 1 a 10.

Na categoria de “Presépio Tradicional”, a avaliação do júri terá em conta diversos critérios, nomeadamente a representação do nascimento do Menino Jesus e materiais utilizados; o uso de figuras de presépio de barro elaboradas na Lagoa por artesãos locais; o uso de elementos habitualmente presentes nos presépios tradicionais nos Açores, como farelo e pedras; a representação de tradições açorianas nos presépios;  a estética do presépio e os cenários.

Por seu turno, na categoria de “Presépio Original” serão tidos em conta a inovação introduzida nos materiais utilizados para a produção dos presépios; cenários; originalidade; estética; representação do nascimento do Menino Jesus e reciclagem ou reutilização.

Serão atribuídos, nas duas categorias, de acordo com as classes, diversos prémios, sendo, para a classe I, o valor de 200 euros para o primeiro classificado, 100 euros para o segundo lugar e 50 euros para o terceiro. Já na classe II, o primeiro classificado ganhará 200 euros, o segundo lugar vence uma caderneta familiar por aluno/turma para as piscinas municipais e a terceira posição, uma visita de turma a um equipamento lúdico pedagógico, que inclui entrada, transporte e lanche. Finalmente, na classe III, serão entregues 200 euros ao primeiro classificado, seguindo-se de um prémio de 100 euros e para o terceiro lugar, 50 euros, sendo que, todos os concorrentes receberão um certificado de participação.

O autor do presépio vencedor na categoria tradicional, classe I – Pessoas Singulares, assume o compromisso de expor ao público o seu trabalho, no convento de Santo António, na época natalícia do ano seguinte à sua vitória.

A divulgação pública dos resultados do Concurso de Presépios será feita através do portal da Câmara Municipal de Lagoa e dos órgãos de comunicação social.

DL

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário