Lagoa vai ter Escola Profissional a partir de 2019

A partir de janeiro de 2019, a Escola Profissional Inetese-Instituto de Educação Técnica Açores, passará a exercer a atividade formativa no Concelho da Lagoa.

Em resultado do compromisso institucional entre a Câmara Municipal de Lagoa e a Escola Inetese-Açores, e avaliadas as condições e os requisitos legais, o atual edifício da Pousada da Juventude de Lagoa foi a opção encontrada para alocar as instalações escolares, bem como a sede do Instituto. Assim, o edifício será alvo de obras de adaptação para o dotar dos meios necessários não só para a execução do projeto educativo orientado por critérios de renovada qualidade e inovação, mas também para a melhoria das condições de trabalho da comunidade escolar, promovendo o crescimento e a notoriedade do percurso educativo dos alunos.

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa considera que “para o nível de desenvolvimento que a cidade de Lagoa tem vindo a alcançar, estava em falta uma escola desta natureza. O município tudo tem feito em prol da melhoria da educação dos jovens lagoenses, mas estava em falta uma estrutura na área vocacional e profissionalizante, sendo esta decisão relevante para o desenvolvimento sustentado do concelho que trará aos estudantes uma maior oferta formativa, sem descurar que para a Lagoa será uma mais valia a diferentes níveis, nomeadamente educacional, cultural, económico, e para o futuro desses jovens, garantirá uma maior flexibilidade de emprego” pois, reforça Cristina Calisto, “é uma escola com créditos firmados no panorama da formação profissional nos Açores que, ao localizar-se no concelho da Lagoa, beneficiará de uma melhor centralidade geográfica e facilidade de acesso”.

A Edilidade Lagoense e a Escola Inetese Açores acreditam que podem potenciar a (re)qualificação profissional dos recursos humanos cuja empregabilidade concorre para o desenvolvimento sustentado do Concelho, em particular, e da Região em geral.

Criada no ano letivo 2002-2003, a Inetese Açores tem assumido um papel de relevo na formação de inúmeros jovens açorianos dotando-os de saberes e competências ajustados às solicitações do mercado de trabalho. Determinada em proporcionar uma oferta formativa consentânea com as reais necessidades das entidades empregadoras, a Escola tem no seu referencial educativo/formativo uma diversidade de áreas de formação. Entre elas, releva-se o comércio, a contabilidade e fiscalidade, a gestão, a administração, o secretariado e trabalho administrativo, o turismo e os transportes.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário