Navio para ligação S. Miguel/Santa Maria seria opção “desenquadrada da integração global do transporte marítimo regional”

Vitor Fraga governo Açores transportes

O Secretário Regional do Turismo e Transportes afirmou, na Horta, que a proposta do PCP para a aquisição de um navio de transporte de passageiros, viaturas e carga para operação anual entre S. Miguel e Santa Maria é uma iniciativa avulsa e desenquadrada da integração global das ligações marítimas regionais, além de ser dispendiosa e fora de contexto no transporte de passageiros, sobretudo sazonal, no Grupo Oriental. 

Vítor Fraga, numa intervenção na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores (ALRAA), salientou que o Governo dos Açores considera que o transporte marítimo de passageiros e viaturas é fundamental para a Região, mas numa perspetiva de “integração global na oferta de transportes” no arquipélago, pelo que deve ser encarado “integrando os vários subsistemas existentes, nomeadamente no que se refere ao tráfego local”.

Nesse sentido, frisou que a proposta do PCP não é complementar e assume-se como concorrencial face ao que já existe e que é desenvolvido por entidades privadas, nomeadamente a empresa que faz o transporte de carga entre S. Miguel e Santa Maria.

Numa referência às estatísticas e à oferta atual que existe de transportes marítimos para Santa Maria, o Secretário Regional frisou que há uma concentração de 80% do tráfego de passageiros nos meses de julho e agosto, o que dá mostra do caráter sazonal da operação.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário