“Nova redução do desemprego é a prova que apesar das dificuldades estamos no caminho certo”, defende Berto Messias

Berto-MessiasPS-Açores-

O Presidente do Grupo Parlamentar do PS Açores reagiu aos novos dados sobre o número de desempregados inscritos nos centros de emprego dos Açores divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional realçando que “mais uma vez o número de inscritos baixa, mantendo uma tendência de redução há 31 meses consecutivos. Esta redução sustentada do número de inscritos é a prova que, apesar das dificuldades e de termos consciência que esta área exige um trabalho permanente e muito activo, estamos no caminho certo na implementação de políticas públicas que facilitam a criação de emprego e que reduzem o número de desempregados”.

Os dados divulgados referem que relativamente a junho de 2014, a Região Autónoma dos Açores baixou em 10,3% o número de desempregados inscritos, passando de 12.523 desempregados inscritos para 11.231, em junho de 2015, registando um valor abaixo da média nacional. Durante o mês de junho houve um decréscimo no número de desempregados, menos 1,14% em relação a maio de 2015 e que o número de desempregados tem vindo sempre a diminuir desde há 31 meses.

“De realçar que estes dados são muito fiáveis tendo em conta o seu método de apuramento e é inegável que comprovam a eficácia das medidas que tem sido desenvolvidas nesta área”, referiu Berto Messias, recordando também que “esta não é uma opinião minha ou do PS, é também a opinião dos parceiros sociais que na reunião recente do Conselho Regional de Concertação Estratégica que analisou o impacto das medidas da agenda açoriana para a criação de emprego e competitividade referiram os bons indicadores que se tem verificado e os resultados da implementação dessa agenda”.

Para o líder parlamentar do PS Açores “apesar destes bons resultados continuaremos focados nesta área, porque temos consciência que existem ainda muitos inscritos nos centros de emprego e que a volatilidade e imprevisibilidade na área laboral exigem uma atenção e um trabalho permanente, sendo prioritário continuar a criar condições para um crescimento sustentável e continuado da criação de postos de trabalho”.

DL/PS

Categorias: Sem categoria

Deixe o seu comentário