Operário soma e segue com terceira vitória consecutiva

FOTO COD

O Clube Operário Desportivo (COD) conquistou este domingo, 1 de novembro, a terceira vitória consecutiva frente ao Vitória do Pico.

O jogo disputou-se na Lagoa com as equipas a irem para intervalo com resultado nulo, numa primeira parte em que os picoenses colocaram-se à defesa dificultando a vida aos fabris. Na segunda parte o Operário entrou mais forte mudando o sistema de jogo tendo na segunda parte Paulo Bessani, mais conhecido por Bessa, aberto o marcador aos 50 minutos.

Igor Cartaxo, aos 61 minutos aumentou para 2-0 demonstrando assim a superioridade dos fabris que ainda viriam a fixar o resultado em 3 a 0 também por Bessa.

Ao Diário da Lagoa, o treinador do Operário fala numa segunda parte “avassaladora” já que “a equipa entrou com tudo, podíamos ter feito muitos mais golos”, sublinha Emanuel Simão. O técnico diz que este tem sido um “trabalho que já vem do ano passado, estamos há sete jogos consecutivos sem perder”, destaca. 

O jogo no campo João Gualberto Borges Arruda contou com cerca de 100 adeptos nas bancadas, incluindo vários elementos da claque do Operário, a Fúria Fabril. O treinador lagoense diz-se muito satisfeito com a possibilidade de haver público nas bancadas: “eles ficaram maravilhados e a claque até já tem uma música para mim e tudo, eles são um espetáculo”, realça Emanuel Simão. 

O Operário é a única equipa do Campeonato de Futebol dos Açores que ainda não sofreu qualquer golo e já conta com oito golos na prova.

O COD tem ainda dois jogos em atraso, com o Santiago e com o Marítimo da Graciosa, agendados para dias 1 e 8 de Dezembro.

Com este resultado o Operário coloca-se a apenas um ponto do Lusitânia e do Angrense.

DL

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário