OPJ de Lagoa 2019 com 109 propostas

A 4ª edição do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) de Lagoa teve início a 23 de setembro, com a divulgação e apresentação de propostas nas escolas, instituições e associações de todo o concelho. Neste momento, o projeto entrou em fase de análise técnica das propostas, em que a comissão técnica irá trabalhar nas 109 propostas, que envolvem a participação de 415 jovens, adesão que ultrapassou a edição do ano transato.

O Orçamento Participativo Jovem é um projeto destinado a jovens, entre os 12 e os 30 anos, residentes, trabalhadores e estudantes. Tem como principal propósito o envolvimento acrescido dos jovens lagoenses na sociedade democrática dos dias de hoje, promovendo uma cidadania ativa que exige participação e aprendizagem. A Câmara Municipal de Lagoa disponibiliza 25 mil euros para pôr em prática as ideias dos jovens lagoenses.

O período de análise técnica decorrerá até ao dia 31 de dezembro. A comissão técnica do OPJ de Lagoa já iniciou, assim, as reuniões para validação das propostas, de acordo com os fundamentos apresentados e as normas do regulamento, um processo que funciona como um trabalho conjunto com os proponentes na formação da proposta. Estas passarão, depois, à fase da votação, que decorrerá de 2 a 31 de janeiro.

Na fase da votação, todos os cidadãos portugueses poderão votar, através da plataforma online http://opj.lagoa-acores.pt/ ou por sms gratuito para o número 4310, podendo votar em duas propostas diferentes. Esta é uma novidade desta edição e uma aposta da Câmara Municipal de Lagoa na visibilidade e maior envolvimento no processo de democracia participativa. A quarta fase do projeto é a fase da divulgação da proposta vencedora, que será anunciada no dia 9 de fevereiro de 2020.

De referir que, todos os projetos vencedores das edições anteriores do OPJ de Lagoa se encontram já implementados. A Casa da Água, situada no lugar dos Remédios, freguesia de Santa Cruz, foi a ideia vencedora de 2016. Em 2017, a proposta vencedora foi o evento Jogos Sem Barreiras, organizado pela Associação Criativa e Promotora de Eventos Culturais da Vila de Água – “Os Quiridos”. O projeto vencedor do ano passado foram as diversões aquáticas nas zonas balneares do concelho de Lagoa.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário