Pescador ferido resgatado a 491km da ilha Terceira

FOTO DR

A Marinha e a Força Aérea portuguesas resgataram esta quarta-feira, 18 de novembro, um pescador, que necessitava de assistência médica, de uma embarcação que se encontrava a 491 quilómetros da ilha Terceira, nos Açores, revelou a Marinha em comunicado de imprensa.

“O tripulante, um homem de 33 anos e nacionalidade indonésia, apresentava ferimentos graves na mão direita provocados por um anzol, a necessitar de cuidados médicos. O [navio] NRP António Enes foi empenhado de imediato para prestar apoio no local”, avançou a Marinha.

A operação de resgate foi coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), tendo início às 07:29 locais (08:29 em Lisboa).

A embarcação de pesca “Joana Cunha”, de bandeira portuguesa, encontrava-se “a cerca de 265 milhas náuticas (491 quilómetros) a sudoeste da ilha Terceira”, adianta a nota.

Segundo a Marinha, “o resgate foi efetuado pela aeronave EH-101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), que transportou o paciente para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, onde aterrou às 16:19”, tendo sido posteriormente transferido para o Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.

Lusa/DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário