Piscinas da Lagoa revelam serviços de excelência

Piscinas-Lagoa

Uma nota da autarquia de Lagoa, Açores, dá conta de que o Complexo Municipal de Piscinas da Lagoa desde a abertura oficial da época balnear 2015, em junho, registou um recorde de acessos, atingindo mais de 3.000 entradas  apenas no mês de junho.

“Este é um número muito satisfatório para o executivo da Câmara Municipal de Lagoa, que reflete bem o interesse que esta estrutura balnear tem tido junto de banhistas locais e turistas. Uma situação para a qual não é alheia a melhoria gradual das condições neste equipamento municipal garantindo-se ano após ano condições de maior comodidade e mais aprazíveis, a salientar nomeadamente a zona das piscinas para bebés, sendo igualmente beneficiado com mais uma zona que contempla um novo solário junto à conhecida Furna. Foram  ainda melhoradas as condições de circulação, bem como foi criada a rampa de acesso ao mar para pessoas portadoras de mobilidade reduzida ou condicionada, que se tem revelado numa aposta ganha com muitos banhistas a adotarem por esta opção de acesso mais facilitado ao mar”, lê-se.

Revela a mesma nota de que outra das inovações deste complexo foi os melhoramentos no sistema de bombagem de águas do mar, que agora, possibilita a renovação contínua de água nova, minimizando, assim, a utilização de produtos químicos na água. Refira-se que, neste momento, a Autarquia encontra-se a inventariar soluções para minimizar a existência de águas vivas nas áreas de banhos que nesta altura do ano têm sido frequentes. 

O Complexo Municipal de Piscinas é uma estrutura balnear de excelência, prevendo-se mais uma época balnear de sucesso. Aliás, o fato deste complexo municipal ostentar ininterruptamente nos últimos 19 anos a Bandeira Azul, tendo merecido um certificado internacional no âmbito deste galardão, atribuído pela Coordenação Internacional do Programa Bandeira Azul, mostra, por si só, os altos parâmetros de qualidade que têm sido cumpridos na última década e meia.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário