Propostas do Orçamento Participativo Jovem em análise

FOTO CML

A equipa da análise técnica do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) reuniu-se, no passado dia 12 de novembro, na Casa da Cultura Carlos César, para analisar e debater sobre as propostas já entregues no âmbito da quinta edição do OPJ. A comissão de análise técnica é composta por três técnicos superiores da Câmara Municipal de Lagoa, designados pelo executivo para o efeito, e dois membros nomeados pelo Conselho Municipal de Juventude e tem como principal objetivo o desenvolvimento habilitado de cada umas das propostas apresentadas pelos jovens lagoenses, preparando-as para a fase de votação pública.

Por forma a contornar a realidade da atualidade que vivenciamos proveniente da pandemia covid-19, foram revistos os critérios de elegibilidade das normas de funcionamento do OPJ, e foi, igualmente, apresentada a plataforma que os membros da comissão de análise técnica irão utilizar para gerir os processos.

A comissão inteirou-se das ideias propostas pelos jovens lagoenses que, até janeiro, serão analisadas em pormenor, sempre com a participação e envolvimento dos jovens.

Seguir-se-á o momento de apresentação dos projetos finalistas ao Conselho Municipal da Juventude, lançando-se de seguida a fase de votação, a decorrer do dia 1 de fevereiro ao dia 15 de março.

Neste período, todas as pessoas, de qualquer idade e residência, poderão votar nos seus projetos favoritos, através do site do OPJ: opj.lagoa-acores.pt; por SMS para o número gratuito 4310, ou nas assembleias de voto.

A divulgação da proposta vencedora ficará inserida no âmbito das celebrações do Feriado Municipal do concelho de Lagoa, que se assinala no dia 11 de abril, dia em que se celebra, também, a elevação da vila de Lagoa a cidade.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário