PSD/Açores defende reforço do número de camas nos lares de idosos em São Miguel

O deputado do PSD/Açores Luís Maurício defendeu a criação de mais 150 camas nos lares de idosos da ilha de São Miguel, alegando que, no segundo semestre do ano passado, “nenhum doente de cuidados continuados conseguiu vaga em lar”.

“Segundo o relatório do segundo semestre de 2017 da Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados, na ilha de São Miguel não foi colocado um único idoso num lar de idosos. São dados oficiais. A taxa de resposta é de zero por cento em São Miguel”, afirmou o social-democrata, após uma visita dos deputados eleitos pela ilha de São Miguel ao Lar de Santo António, pertencente à Santa Casa da Misericórdia da Lagoa.

O parlamentar do PSD/Açores salientou que a necessidade de aumentar este tipo de resposta social aos idosos é “transversal a todas as ilhas” da Região, mas que na ilha de São Miguel “há desequilíbrios que se acentuam pela negativa”.

De acordo com Luís Maurício, “é preciso proporcionar uma resposta na ordem de mais 150 camas em lares de idosos” em São Miguel para esta faixa etária da população.

Para o social-democrata, este aumento do número de camas nos lares de idosos pode-se fazer “ampliando as estruturas já existentes, ou construindo estruturas de raiz”.

O parlamentar do PSD/Açores acrescentou que, não havendo camas suficientes nos lares de idosos da ilha de São Miguel, “o hospital de Ponta Delgada fica com camas ocupadas por doentes a quem foi dada alta e que são necessárias para doentes agudos”.

DL/PSD

Categorias: Local, Regional

Deixe o seu comentário