PSD/Açores desafia Governo a incentivar emprego jovem no âmbito da revisão do Plano Geral da Juventude

Mónica Seidi voltou a alertar para o facto de o Governo regional continuar sem rever e sem atualizar, como se propôs em março de 2017, o Decreto Legislativo Regional que enquadra as políticas de juventude nos Açores, a Região com a taxa de desemprego jovem mais elevada do país.

Segundo a deputada e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD/Açores, o DLR nº 18/2008/A faz referência ao Plano Geral da Juventude, um documento que deveria ter sido apresentado no primeiro semestre da atual legislatura, que teve o seu início no final de 2016, mas “sobre o qual pouco ou nada se sabe”.

A parlamentar afirma que “basta de palavras e intenções” e reforça que “está na altura de conhecermos o Plano Geral da Juventude”, lembrando que umas das áreas de intervenção previstas neste DLR diz respeito ao desemprego através de ações e programas facilitadores do acesso dos jovens ao mercado laboral.

Mónica Seidi alerta ainda para a quebra de população jovem ativa nos Açores entre o 1.º trimestre de 2012 e o primeiro trimestre de 2018. “Perdemos quase 8 mil jovens neste período de tempo. Importa perceber por que motivos passamos de 48 mil jovens para 40.600, ou seja, se os jovens abandonaram a Região ou se não regressaram por falta de condições”, exorta a deputada do PSD/Açores.

DL/PSD

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário