PSP anuncia detenções por crime contra o património e por tráfico de estupefacientes

A Divisão Policial de Ponta Delgada, através de polícias da Brigada de Investigação Criminal da Esquadra de Vila Franca do Campo, procedeu no pretérito dia 14 de agosto à detenção fora de flagrante delito de dois indivíduos do género masculino de 27 e 28 anos. 

Estas detenções surgem em cumprimento de mandado de detenção fora de flagrante delito emitido por Autoridade Policial no âmbito de uma investigação que decorria naquela subunidade policial que teve a sua génese em diversos crimes contra o património ocorridos nos últimos meses na área de Vila Franca do Campo, nomeadamente dois furtos qualificados em estabelecimentos comerciais e um furto em residência.

Os detidos foram presentes perante a competente Autoridade Judiciária para aplicação das medidas de coação tidas por mais convenientes.

Por outro lado, ainda segundo o comunicado da PSP,  a Divisão Policial de Ponta Delgada, através de polícias da Esquadra de Rabo de Peixe, procedeu no dia 14 de agosto à detenção em flagrante delito de um indivíduo do género masculino de 39 anos, por suspeita da prática dos crimes de condução sem habilitação legal, condução perigosa e tráfico de estupefacientes, resultando a apreensão de cerca de 29388 doses de haxixe, 706 doses de heroína, 165 doses de cocaína, um automóvel de gama alta e 1645 euros em numerário. Foram apreendidas ao todo 12426 doses de matéria estupefaciente.

Esta detenção surge na sequência de uma abordagem de rotina efetuada por polícias da Esquadra de Rabo de Peixe na sua área de responsabilidade territorial, tendo o agora detido procurado furtar-se à ação policial, colocando-se em fuga a elevadas velocidades na viatura que conduzia, fuga esta que prolongou-se por cerca de 30 km e terminou na área da Esquadra de Vila Franca do Campo. 

Para o sucesso na resolução desta ocorrência policial foi necessário o apoio de polícias de diversas subunidades da Divisão Policial de Ponta Delgada, nomeadamente das Esquadras de Ribeira Grande, Vila Fanca do Campo e Investigação Criminal, que em conjugação de esforços permitiram cessar a atividade ilícita descrita.

O detido foi presente perante a competente autoridade judiciária para aplicação das medidas de coação tidas por mais convenientes.

DL/PSP

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário