Santa Clara anuncia acordo com a banca para saneamento do passivo da SAD

© DL

O Santa Clara, clube da I Liga de futebol, anunciou hoje ter chegado a um “acordo histórico” para sanear o passivo bancário da SAD junto do principal credor, o banco Santander.

“A SAD celebrou um acordo histórico com o Santander que permitirá uma liquidação do seu passivo bancário que ascendia a 5,5 milhões de euros, para 2,5 milhões de euros”, avançaram hoje os açorianos em nota de imprensa.

O clube destaca que, “no imediato”, a SAD liquidará cerca de três milhões de euros ao banco Santander, “o que equivale a mais de 60% do valor total da dívida bancária, herdada há largos anos”.

“Esta complexa operação financeira permitirá à SAD um saneamento total do passivo bancário, junto do seu principal credor, num prazo máximo de 10 anos”, lê-se no comunicado.

Segundo o clube, o acordo irá permitir a “construção de um Santa Clara de futuro”, sem passivo bancário.

“Este acordo foi doloroso, mas necessário para deixarmos a SAD sem passivo bancário. Estamos a pagar uma divida que foi herdada. Agora há que manter o rigor financeiro”, afirmou o presidente do clube Rui Cordeiro, citado no comunicado.

O Santa Clara conseguiu na época 2020/21 a melhor pontuação de sempre da equipa na I Liga de futebol, alcançando o sexto lugar, que lhe permite disputar a qualificação para a Liga Conferência Europa.

Em 18 de maio, o atual presidente do Santa Clara, Rui Cordeiro, foi reeleito para um terceiro mandato à frente do clube açoriano com 69,17% dos votos, batendo a lista liderada por Miguel Simas, que obteve 30,43%.

Lusa/ DL

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário