Selecionadas cinco candidaturas ao “Prémio Empreendo o Meu Negócio”

As primeiras cinco candidaturas apresentadas ao “Prémio Empreendo o Meu Negócio”, cuja primeira ação decorreu em Ponta Delgada, já foram selecionadas.

Às cinco candidaturas escolhidas, por um júri constituído para o efeito, será atribuído um valor unitário de 3.500 euros que integrará o capital das empresas a criar e cujos projetos estiveram a concurso, dando assim cumprimento ao objetivo prioritário da medida “Empreendo o Meu Negócio”, que visa a criação de empresas.

De um modo geral, as candidaturas apresentadas abrangem áreas como a da animação turística, plataforma de reservas de experiências turísticas, reparações à medida na área da construção civil, área de podologia, e venda de pastelaria assente num conceito de diversificação de um produto de referência açoriano.

O “Empreendo o meu Negócio” destina-se a indivíduos desempregados, com escolaridade mínima obrigatória, inscritos nas Agências para a Qualificação e Emprego da região, podendo ser extensível a alunos universitários de cursos de licenciatura, mestrado ou doutoramento que pretendam levar por diante a criação de uma empresa.

Os jovens com interesse em desenvolver uma atividade económica no âmbito das Indústrias Criativas, os empresários do ramo do artesanato que pretendam adquirir competências na área da gestão de empresas e os empresários de micro, pequenas e médias empresas – PME que pretendam adquirir competências na área da gestão de empresas, também poderão candidatar-se.

Esta ação, promovida pela Vice-Presidência do Governo e organizada pela Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), em parceria com a CRESAÇOR, visa proporcionar aos formandos conhecimentos na área empresarial, com vista à exploração do potencial económico dos recursos endógenos dos Açores.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário