Sofia Ribeiro desafia a Presidência do Conselho a conhecer uma realidade diferente do centro da Europa

Sofia Ribeira Eurodepuatda

A Eurodeputada Sofia Ribeiro questionou a nova Presidência do Conselho da União Europeia sobre o grave problema do fim das quotas tendo inclusivamente convidado o responsável pela agricultura a visitar os Açores para constatar “a enorme diferença entre ser agricultor no centro da Europa e ser agricultor no centro do oceano Atlântico Norte”.

A Eurodeputada interveio na Comissão de Agricultura no âmbito da apresentação das prioridades políticas para este sector por parte da nova presidência do Conselho, que será exercida neste segundo semestre pelo Luxemburgo. O ministro da agricultura luxemburguês comprometeu-se a estar atento aos sinais de mercado no caso do leite, mas Sofia Ribeiro solicitou que “este acompanhamento fosse partilhado também com o Parlamento Europeu e não em exclusivo com a Comissão Europeia, de modo a existir uma acção mais rápida para combater o problema das quotas leiteiras”. Sofia Ribeiro questionou ainda se a Presidência do Conselho “acompanha a posição do Parlamento Europeu que defende que é preciso instituir medidas urgentes de mercado ou então criar pacotes específicos para apoiarmos o sector face ao fim das quotas e se esta Presidência tem conhecimento das necessidades específicas que as Regiões Ultraperiféricas têm neste domínio”.

A finalizar a sua intervenção, Sofia Ribeiro chamou a atenção para as disparidades que existem na agricultura ao nível da União Europeia, sugerindo à nova Presidência, o que considerou ser uma “experiência extremamente interessante”, nomeadamente que fosse conhecer uma “realidade completamente oposta do Luxemburgo, que está no centro da Europa para ir visitar uma Região Ultraperiférica que está situada no centro do oceano Atlântico e que tem condições económicas e de riqueza infelizmente muito diferentes das suas e julga que seria importante verificar a diferente realidade agrícola desta Região”.

DL/GDPE

Categorias: Sem categoria

Deixe o seu comentário