Turismo em Espaço Rural registou em maio 5826 dormidas

Segundo dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), no mês de maio, se a taxa de resposta fosse semelhante à do período homólogo, as dormidas seriam aproximadamente 5 826 e os hóspedes 1 643 – aumentos de 29,1% e 29,6%, respetivamente, face ao mesmo mês de 2017, no qual se verificaram 4512 dormidas e 1268 hóspedes.

No trimestre que acabou em maio de 2018 registaram-se 10 799 dormidas, correspondendo a 3 018 hóspedes, o que compara com 9 858 dormidas e 2 495 hóspedes em período homólogo (crescimentos de 9,5% e 21,0%, respectivamente).

Ainda segundo o SREA, durante o mês de maio a taxa líquida de ocupação-cama (TLOC) foi de 23,1%, acima do valor registado no mesmo período de 2017 (18,7%). A estada média (EM) foi de 3,5, o que compara com 3,6 em período homólogo.

Por outro lado, quanto às dormidas na Hotelaria Tradicional em junho, com base no modelo econométrico desenvolvido pelo SREA e na informação disponível até à data, nomeadamente a evolução do número de passageiros aéreos desembarcados e o valor dos levantamentos em caixas multibanco, estima-se que o número de dormidas na Hotelaria Tradicional dos Açores durante o mês de Junho terá sido de 200 mil.

Comparando com o valor divulgado para Junho de 2017, esse valor reflecte uma diminuição de 2% em termos homólogos.

O Indicador Avançado de Turismo, IAT-Açores, divulgado pelo SREA, surge da necessidade dos utilizadores das estatísticas do turismo conhecerem uma estimativa do comportamento das dormidas na Hotelaria Tradicional, com a antecipação de cerca de um mês, explica o SREA.

DL/SREA

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário