Vacinas chegam mais cedo e serão disponibilizadas primeiro em São Miguel e Terceira

FOTO DR

O Governo dos Açores adiantou este domingo, 27 de dezembro, que a chegada à região do primeiro lote de 9.750 doses de vacina contra a covid-19 foi antecipada, e as mesmas devem chegar até terça-feira.

As vacinas, precisou em nota o secretário regional da Saúde, Clélio Meneses, serão entregues diretamente na ilha Terceira, e serão transportadas num avião da Sata.

“O fornecedor já informou que a entrega será em 28 ou 29 do corrente, faltando apenas que nos diga qual o voo em que o lote de vacinas será transportado”, indicou ainda o governante.

As 9.750 doses da vacina vão ser administradas a 4.875 pessoas, reservando-se metade para a segunda inoculação, já que a vacina é administrada duas vezes por pessoa, com 21 dias de intervalo.

Na região, os primeiros a vacinar, até março do próximo ano, serão os idosos institucionalizados em lares, estruturas residenciais, rede de cuidados continuados e casas de saúde.

Ao mesmo tempo, serão vacinados os profissionais de saúde e as pessoas identificadas no plano regional de vacinação com doença ou patologia.

“De março a junho, as vacinas que chegarem, serão administradas a outras pessoas, nomeadamente idosos com mais de 65 anos e pessoas entre os 50 e os 64 anos, detentoras de patologias. A partir de julho, a inoculação é genérica”, declarou Clélio Meneses, citado na nota.

As primeiras vacinas serão disponibilizadas nas ilhas Terceira e São Miguel, por serem aquelas onde há transmissão comunitária do novo coronavírus.

Portugal inicia este domingo a primeira fase de vacinação contra a covid-19, mais de nove meses depois do primeiro caso registado no país, numa iniciativa que abrange ao longo dos próximos dois dias os 27 estados-membros da União Europeia.

O primeiro lote de 9.750 doses da vacina desenvolvida pela Pfizer-BioNTech – a primeira a ser lançada no mercado, depois de ser autorizada pela Agência Europeia do Medicamento (EMA) – chegou este sábado e vai ser complementado na segunda-feira com um segundo contingente de 70.200 doses, que se traduz num acumulado de 79.950 doses para o arranque do plano de vacinação, destinado primeiramente a profissionais de saúde.

Lusa/DL

Categorias: Saúde

Deixe o seu comentário